Tocantins

IEL e Sedecti apresentam o projeto TECNOVA



Empreendedores de micro e pequenas empresas das áreas da indústria, comércio e serviços com faturamento de até R$ 3,6 milhões com sede no Tocantins podem enviar até o dia 29 de setembro propostas de projetos com foco em inovação para serem contempladas pelo edital do Programa de Inovação Tecnológica (TECNOVA) lançado nesta quarta, 11/06, no Palácio Araguaia, em Palmas.



Confira o edital do TECNOVA

O TECNOVA é um programa do Governo Federal, realizado pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), cujo projeto para trazê-lo ao Tocantins foi apresentado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), entidade da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO).
O vice-governador do Tocantins, Tom Lyra, compareceu ao lançamento também prestigiado por dirigentes de associações comerciais e empresariais, instituições bancárias, gestores e conselheiros do Sistema FIETO, SEBRAE, Fecomércio e FACIET.

O empresário Roberto Pires, presidente da FIETO e do SEBRAE/TO e diretor do IEL/TO, falou sobre as dificuldades encontradas pela classe empresarial que se submete a diversas normas tributárias e altos impostos no Brasil o que, segundo ele, impede o crescimento e os investimentos.

“Quando o empresário se encontra sem alternativas motivadoras, as empresas que inovam se destacam. O TECNOVA é uma excelente oportunidade para elevar a competitividade das nossas empresas por meio da inovação", avaliou Pires.
O edital, disponível no site tecnova.iel-to.com.br, foi apresentado no lançamento pelo secretário estadual (SEDECTI), Paulo Massuia, o qual destacou o volume de recursos de R$ 9,6 milhões para o Tocantins, valor que representa o dobro do que foi disponibilizado no estado de Mato Grosso.

Cada empresa poderá receber recursos entre R$ 160 mil e R$ 400 mil. Serão disponibilizados recursos de subvenção (não reembolsáveis) para empreendedores das áreas de alimentos, confecção, construção civil, madeira, móveis, agronegócio, tecnologia da informação e comunicação, petróleo e gás e energias alternativas. Três workshops serão realizados em Araguaína (24/06), Gurupi (25/06) e Palmas (26/06), para detalhar o edital e incentivar o envio de propostas por meio do site do projeto. ( Com informações de Priscila Cavalcante)


Marcelo Nicolas Camargo, chefe do Departamento de Operação e Subvençao da FINEP explica um pouco mais sobre o Tecnova


 
 Como participar?
A empresa deverá apresentar proposta através do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP.
O preenchimento do Formulário deverá seguir as orientações contidas no Edital. O formulário conterá os elementos que formarão o plano de negócio da proponente e o plano de trabalho do projeto de subvenção econômico.
A proposta remetida fora do prazo de submissão não será aceita pelo IEL NR-TO. Por este motivo não haverá possibilidade de a proposta ser acolhida, examinada e julgada, não sendo possível a interposição de recursos administrativos.

Quem pode participar?
Empresas Tocantins que atendam às seguintes critérios:

receita bruta no último exercício igual ou inferior a R$ 3.600.000,00;
data de registro na Junta Comercial ou no Registro Civil das Pessoas Jurídicas (RCPJ) de sua jurisdição até 6 (seis) meses antes do lançamento do edital);
demonstrar ter efetuado qualquer atividade operacional, não-operacional, patrimonial ou financeira até 3 (três) meses antes do lançamento do edital;
Não tenha sido contratada na SELEÇÃO PÚBLICA MCT/FINEP/FNDCT – Subvenção Econômica à Inovação – 01/2010;
Objeto social, na data de divulgação do presente Edital, que contemple atividade compatível com o desenvolvimento do projeto proposto.
A beneficiária proponente deverá ser a principal responsável pelo desenvolvimento do produto (bem ou serviço) e/ou processo inovador, conforme o objetivo do Edital.

A beneficiária proponente será responsável pelas informações referentes à gestão do projeto e pela conta bancária exclusiva para movimentação dos recursos.
Cada empresa poderá integrar apenas uma (1) proposta, assim como o Coordenador Técnico poderá participar de apenas uma (01) proposta.

Leia sobre: IEL TocantinsSedectiTECNOVA
TWITTER
MAIS LIDAS
RECOMENDADAS